AVISO AOS LEITORES
EM FUNÇÃO DO BLOG ESTAR DESATIVADO, 
A APROVAÇÃO DE COMENTÁRIOS PODE DEMORAR ALGUNS DIAS.
CLIQUE AQUI PARA LER O COMUNICADO DE SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES DO BLOG.


VISITE NOSSO NOVO PROJETO:
BLOG RADAR DO LADO B
radarladob.blogspot.com

terça-feira, 27 de março de 2012

A Menina e o Catavento



Aqui onde moro fica exposta em um destes relógios de praça a imagem acima, junto ao logotipo de um atuante Banco da região. É uma imagem que muito me chama a atenção, pois ela consegue passar de maneira simples o conceito de "futuro": 
  1. A menina na foto representa o adulto de amanhã; a criança de hoje representa o "investimento" humano para as próximas gerações.
  2. O catavento representa algo que está em movimento, indo em frente.
O Banco deseja passar ao observante da peça publicitária a noção de que poupar dinheiro é uma maneira de começar hoje a preparar o futuro; o futuro que pertencerá àqueles que hoje são apenas crianças. Ou, se analisarmos de outra maneira, o Banco também pode passar a impressão de ser uma empresa que no presente está preparando o futuro daqueles que hoje são a esperança de uma próxima geração.

Certamente uma mensagem muito bonita - porém, acredito que até um pouco piegas, pois, fazendo um pequeno teste, vi que esta imagem da menina e do catavento se aplica bem a virtualmente qualquer empresa. Qual instituição não quer, nos dias de hoje, passar a imagem de uma empresa voltada para a construção de um futuro para as próximas gerações?









Faltou à peça publicitária algo que relacionasse-a indelevelmente a este Banco. Vendo nos exemplos acima, até um banco concorrente pode obter uma mensagem com o mesmo efeito caso faça uma propaganda semelhante. Publicidade é saber atingir as pessoas - e isso esta propaganda conseguiu. Porém, faltou identidade para a peça - tanto que qualquer um pode usar a mesma foto e obter os mesmos resultados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...