AVISO AOS LEITORES
EM FUNÇÃO DO BLOG ESTAR DESATIVADO, 
A APROVAÇÃO DE COMENTÁRIOS PODE DEMORAR ALGUNS DIAS.
CLIQUE AQUI PARA LER O COMUNICADO DE SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES DO BLOG.


VISITE NOSSO NOVO PROJETO:
BLOG RADAR DO LADO B
radarladob.blogspot.com

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Os Rios do Continente Antártico

O Rio Ônix na Antártica.


Quem vê o inóspito e estéril Continente Antártico não imagina que lá existam Rios. Na verdade, não se tratam de Rios propriamente ditos, mas sim de fluxos formados pela água oriunda do derretimento de geleiras durante o verão antártico.

O maior destes cursos d'água é o Rio Ônix, que possui 32 km e corre através do Vale Wright até o Lago Vanda, na região do Mar de Ross.

Sim, ele é bem raso.

À exceção do Rio Ônix, a maioria dos cursos de água da Antártica são bem curtos, não passando de cinco quilômetros. Como vemos nas fotos, são rasos e com correnteza fraca, além de só correrem durante o verão, o que impede o aproveitamento de sua força hidráulica de maneira efetiva. Apesar disso, são uma grande ferramenta para o estudo do comportamento das geleiras e seu derretimento.

O imponente Lago Vanda, foz do Rio Ônix.

Um comentário:

  1. É legal porque fala como é a antartica como é a cultura de la porque fala sobre os climas, a economia,a vegetaçaõ de la porque é bem diferente do Brasil e dos outros paises.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...